quarta-feira, 26 de maio de 2010

12 de junho - do aniversário de namoro ao casamento

Há pouco mais de uma semana a Taylise entrou em contato para saber sobre os vasos de lavanda para distribuir como lembrança para seus convidados, e ao bater os olhos no e-mail, não tive como deixar de reparar que a data de seu casamento com o Daniel seria em um dia muito romântico - 12 de junho.

Quando respondi o e-mail, elogiei a escolha da data, e então veio a surpresa - a Taylise me contou que no dia 12 de junho, eles irão para sempre comemorar o dia dos namorados, o dia do aniversário de namoro e o dia do casamento!

Pedi então que ela me contasse como tudo aconteceu, e me senti mergulhada lendo um romance ou em um daqueles filmes deliciosos que te fazem sonhar. Essa história, merece ser contada!

"Nos apaixonamos pelo telefone. Mas, até chegar a paixão passamos por uma pequena (que pareceu muito longa) etapa. O Daniel trabalhava na mesma empresa que a minha prima. Nessa época eu namorava (outra pessoa) e o Daniel também. Conversei com ele algumas dezenas de vezes - sempre quando eu ligava para a minha prima -, mas, por motivos óbvios, nunca tínhamos nem pensado em uma aproximação.

Um dia eu e ele fizemos a mesma pergunta para a minha prima: nossa, que voz bonita... quem é? Pronto! Foi o necessário para cada vez mais nos interessarmos um pelo outro. Recebia, por intermédio dela, brincos, chocolate, bilhetes... Até que um dia tocou o telefone (olhei na bina e vi o número do trabalho da minha prima) e já arrisquei: Oi Vi (apelido dela). Ele respondeu: é o Daniel. Fiquei vermelha na hora... mas, mantive a pose:
- Oi Daniel, tudo bem?
- Sim. Sua prima me disse que você adora dançar. Queria te chamar para fazer aula de dança comigo.

Fiquei atônita e recusei alguns outros convites até que finalmente me encontrei com o Daniel! Desde esse dia não nos largamos mais! Nos víamos todo santo dia! Até que quase um mês depois, no dia 12 de junho de 2007, ele me pediu em namoro (sim, pediu! Gente, com bilhetinho, jantar (japonês) e declaração de amor, muito fofo!).

Três anos depois, continuaremos a comemorar nossa data especial, mas, agora como casados!"


Não é um sonho?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário